Pesquisar neste SITE

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

SEI LÁ

                                                                               Poesia de Nº 019

Sei lá
Quando me perguntam
O que é amar
Mas amo sem saber
No que vai dar

Sei lá
Se estou alegre ou triste
Só sei
Que o momento existe
Aqui ou lá
vivo sem me preocupar
           
Sei lá
O que é poesia
Mas escrevo sem parar
No entanto essa alegria
Faço questão de rimar
           
Sei lá
O que é felicidade
Mas sei que só existe
Quando há sinceridade
           
Sei lá
Se amanhã vai chover
Mas se eu for à praia
Ficarei até a lua nascer

Sei lá
O que eu quero
Ou o que deixo de querer
Mas não me queixo
Se tenho você

Sei lá
E,é por esse meu saber,
Que eu gosto mais ainda
De viver.

                                                   André Caldas    26/11/92

Nenhum comentário:

Postar um comentário