Pesquisar neste SITE

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

NÃO INTERESSA

                                                                               Poesia de № 012

Não interessa
O que veio a ser
Os momentos que nós passamos
A mulher que fiz você

Não interessa
O carinho permanente
As dificuldades que enfrentamos
Por um amor ascendente

Não interessa
O beijo meu na tua boca
O afago meu no teu corpo
Te deixando louca

Não interessa
Os prazeres de amor
Que fez te esquecer
A solidão que você passou

Não interessa
O que sinto por você
E só me resta esquecer
Aquela festa.

                                                     André Caldas    16/05/91

Nenhum comentário:

Postar um comentário