Pesquisar neste SITE

terça-feira, 28 de setembro de 2010

ACIMA DE TUDO

                                                                               Poesia de  024

Amor, nosso amor
Não tem jeito
É uma dor no meu peito
Que não acaba mais

Amor, nosso amor
Está de fato com defeito
Já não temos o direito
De vivermos em paz

Mas nos amamos muito
E no fim de tudo
O começo se faz
Então tá combinado
Que o passado
Não volta mais

Amor, nosso amor
Está muito doente
Sempre acontece de repente
Está bom e fica ruim

Amor, nosso amor
Não vai dar mesmo certo
Sinto o fim chegar tão perto
Por que brigamos assim?

Amor, nosso amor
Não é um exemplo perfeito
Mas entre o meu e o teu peito
O amor é primaz

Amor, nosso amor
É um grande tumulto
Mas acima de tudo
Nos amamos demais

                                                                     André Caldas      08/07/99   

Nenhum comentário:

Postar um comentário